Caravana da Leitura e do Autor Fluminense

Projeto vai capacitar professores, estimular alunos e incentivar a proximidade com escritores do Rio

 

Em meio ao isolamento social proposto pela pandemia de Covid-19, um projeto literário vai fomentar o hábito da leitura e aproximar estudantes da rede pública do Rio de Janeiro dos livros e seus e autores. A Caravana da Leitura e do Autor Fluminense vai desenvolver estratégias de democratização do acesso à leitura e ao livro, além de estimular o contato com os escritores – tudo de forma remota, mas não menos acolhedoras e interativas.

A Caravana da Leitura e do Autor Fluminense terá início na primeira quinzena de setembro e ocorrerá ao longo de dois meses, com atividades direcionadas para 10 escolas municipais localizadas nas cidades de Angra dos Reis, Duque de Caxias, Maricá, Niterói e São Gonçalo. A ação online de circulação literária é viabilizada pela Enel Distribuição Rio e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

O projeto pretende gerar impacto social atingindo aproximadamente 4 mil crianças de 7 a 14 anos, por meio apresentações artísticas e conversas com autores fluminenses. Para democratizar o acesso e garantir acessibilidade de pessoas com deficiência às atividades, serão utilizados recursos como audiolivros, intérprete de libras nas transmissões ao vivo e materiais legendados nas atividades pré-gravadas. As 10 oficinas de formação pretendem impactar cerca de 250 professores, por meio de videoaulas, podcasts e teleconferências, estimulando o uso da literatura no processo educacional. Ao final da caravana, mil livros serão doados para bibliotecas das instituições parceiras.

“Democratizar o acesso à leitura e ao livro deveria ser a meta de todo o processo educativo. É por isso que a Caravana da Leitura e do Autor Fluminense é tão impactante. Ele faz o mínimo que deveria ser feito em todo o processo de aprendizado da criança, trabalhando o livro e a leitura da forma mais lúdica possível”, explica Raimundo Moreira, um dos idealizadores do projeto.

Live de abertura
No dia 4 de setembro, às 19h, o projeto será lançado em uma live, na qual serão apresentadas as atividades, depoimentos dos representantes dos municípios que receberão a Caravana e dos autores e autoras que compõem a programação. Ao final, o público ainda terá o gostinho de ouvir uma das muitas histórias que serão contadas ao longo de todo o projeto.

Distribuição online de conteúdo
As atividades serão realizadas por meio de canais digitais como YouTube, Facebook e Instagram, além de sites das prefeituras dos municípios, plataforma do Projeto Escolas Criativas, plataformas Enel e site do projeto. Todo o conteúdo será acessado através de links enviados para os inscritos através do WhatsApp. Além disso, será disponibilizado material com atividades lúdicas e educativas impressas, enviados às escolas, para aquelas crianças sem acesso digital. Por fim, os conteúdos de áudio dos podcasts com os autores será transmitido nas rádios dos municípios participantes.

A formação dos professores terá duração de 4 horas, entre aula pré-gravada e aula ao vivo para tirar dúvidas através do Google Meet. Também serão disponibilizadas quatro oficinas de Ilustração e quatro de narrativa teatralizada, que entre outras plataformas, serão disponibilizadas nos portais educacionais de cada município.

Autores fluminenses nas escolas do Rio

As conversas com os autores acontecerão por meio de lives que serão transmitidas nas diversas plataformas digitais. Augusto Pessôa, Lucia Fidalgo, Júlio Emílio Braz e Bia Bedran, estão entre os escritores que participarão do projeto. A Caravana da Leitura e do Autor Fluminense visa contribuir com a ODS 3, 4 e 5 onde se estabelecem como prioridades uma vida saudável, educação inclusiva e de qualidade e igualdade de gênero.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015 composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030. O Objetivo 3 fala sobre assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades. A ODS 4 pretende assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todas e todos. O quinto objetivo visa alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

Sobre a Enel Distribuição Rio
A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende a 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e os municípios de São Gonçalo, Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 2,9 milhões de clientes atendidos pela companhia. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Links

Programação:
https://www.caravanadaleituraaf.com.br/programacao/

Inscrição para Capacitação em Dinamização de livros e narrativa para infância: https://www.caravanadaleituraaf.com.br/inscricao/

voltar para lista