Crea-RJ realiza ciclo de debates com candidatos à presidência em seis cidades do Estado

Quatro candidatos disputam as eleições do conselho que serão realizadas no dia 15 de dezembro

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) deu início aos debate com os quatro candidatos à presidência para o triênio 2018-2020. Ao todo, serão seis encontros entre os presidenciáveis. A eleição está marcada para o dia 15 de dezembro.

Com os debates, o Crea-RJ espera promover uma ampla articulação com entidades profissionais, instituições de ensino, órgãos públicos e empresas, além de dar ampla visibilidade aos profissionais eleitores das propostas de cada candidato. Com foco na escolha consciente e na transparência do processo eleitoral do Sistema Confea/Crea, os debates tentam contribuir para a exposição das propostas dos candidatos visando a valorização profissional e às ações que serão implementadas em sua gestão para estimular a participação efetiva da área tecnológica no estado do Rio de Janeiro. Também será importante avaliar como cada candidato trabalhará em defesa da sociedade e valorizando as vocações econômicas dos municípios e regiões.

Os debates serão realizados em seis cidades, contemplando todas as regiões do estado. O primeiro aconteceu em Campos dos Goytacazes, no dia 30/10, na região norte fluminense. As outras cidades que receberão os encontros são Volta Redonda (07/11), Petrópolis (14/11), Niterói (21/11) e Duque de Caxias (28/11). O último debate será realizado na sede do Crea-RJ, no Centro do Rio, no dia 5 de dezembro. Os debates serão realizados sempre entre 18h e 21h.

 

Os quatro candidatos à presidência do Crea-RJ foram convidados para os debates para terem a oportunidade de apresentarem e defenderem as suas propostas, bem como ideias de gestão para os próximos três anos no cargo disputado. O sistema do debate contará com um mediador que coletará perguntas entre os participantes e as direcionará a cada um dos candidatos. Todos os candidatos terão direito às mesmas condições de tempo e exposição.

Para o presidente em exercício do Crea-RJ, engenheiro mecânico Paulo Metri, os debates são excelentes oportunidades para os profissionais conhecerem cada candidato, avaliarem as suas propostas e escolherem o representante que melhor os representem. Metri também destaca a importância dos profissionais participarem do processo eleitoral: “Eu faço um apelo aos profissionais registrados no Crea-RJ e em dia com as suas obrigações que não deixem de votar, pois o voto é primordial para aperfeiçoarmos o sistema. O voto é a forma que o profissional tem de definir o seu futuro, o da sociedade e o da classe dos engenheiros. Então eu entendo que abrir mão de votar é abrir mão de contribuir para o futuro”.

O Crea-RJ representa mais de 130 mil profissionais da área tecnológica em todo o estado. Os profissionais em dia com suas obrigações com o Conselho escolherão, através de eleições diretas, os presidentes do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia – Confea e do Crea-RJ, além do conselheiro federal e do diretor geral da Caixa de Assistência aos Profissionais do Crea-RJ. Todos os profissionais eleitores estão recebendo, via correspondência, informações sobre o local de votação. Caso queiram mudar para um local de maior conveniência, é importante que o requerimento seja feito pela página do Crea-RJ na internet (www.crea-rj.org.br) até um mês antes do pleito, ou seja, dia 15 de novembro.

voltar para lista