Faculdade SENAI CETIQT está na Barra da Tijuca com cursos de graduação e pós-graduação

Em cinco anos, instituição formou mais de 1.500 alunos nas áreas de Moda e Engenharia

Instalado em um moderno prédio na Barra da Tijuca, ao lado de um dos maiores shoppings da cidade do Rio de Janeiro, a Faculdade SENAI CETIQT se firma como uma instituição de ensino superior que une educação, tecnologia e pesquisas de ponta. Localizado na Avenida Luís Carlos Prestes – 230, a nova unidade tem mais de 16 mil m² e conta com 20 salas de aula e 25 laboratórios de Engenharia Química e de Design e Produção do Vestuário. Ao todo, fazem parte do quadro de cursos duas graduações e oito pós-graduações. Nos últimos cinco anos, a faculdade formou mais de 600 alunos na graduação e mais de 900 nos cursos de pós.

A mudança da Faculdade e do Instituto SENAI de Tecnologia Têxtil e de Confecção para a Barra da Tijuca é parte de um conjunto de iniciativas que permitirá a ampliação e o aperfeiçoamento dos serviços prestados aos alunos e às empresas dos setores industriais nos quais o SENAI CETIQT atua. “Visamos aprimorar a atuação deste Centro como um polo de produção e de difusão de conhecimentos indispensáveis para o desenvolvimento tecnológico e o aumento da competitividade da indústria brasileira”, analisa Sergio Motta, Diretor Executivo do SENAI CETIQT.  

Na Faculdade, os espaços são integrados e aproximam o ambiente de aprendizado teórico com o prático, onde toda sua estrutura foi pensada como são nas empresas, unificando os processos de produção e permitindo o aluno vivenciar na prática um modelo de aprendizado que o aproxima do mercado real de trabalho. Os laboratórios de ponta, aliados à grade curricular atualizada, profissionais gabaritados que aliam expertise metodológica e prática, permitem um local de estudo e pesquisa integrados, onde o aluno analisa tendências, materiais, projeta e produz seus trabalhos acadêmicos que, no futuro, podem ser utilizados nas indústrias, confecções e áreas afins.

Ana Cláudia Lopes, Coordenadora de Ensino Superior da instituição, comenta sobre os diferenciais e o que o aluno pode encontrar ao fazer os cursos da Faculdade SENAI CETIQT: “Não há no Brasil laboratório com uma infraestrutura como a nossa, tanto no curso de Design de Moda quanto no de Engenharia Química. Por exemplo, todas as nossas máquinas de costura são industriais. No laboratório de Engenharia Química, há kits didáticos que simulam os processos reais da indústria, então o aluno aprende, numa escala reduzida, exatamente o processo que ele verá numa mega escala, na vida real, num processo industrial. Isso tudo faz com que o aluno aprenda na prática, então, além de a matriz curricular, que trabalha por competência, há toda uma contextualização do que os alunos estão fazendo, pois eles trabalham com projetos que simulam situações verossímeis”. 

Com mais de 20 anos de existência, a graduação em Design de Moda, considerada a melhor do Rio de Janeiro e terceira melhor do Brasil (avaliada com nota máxima pelo MEC), oferece suporte para ajudar a desenvolver as indústrias químicas, têxteis e de confecção no país. O Fashion Design Hub, espaço criado para alunos e empresas com o intuito de apoiar o desenvolvimento de novos modelos de negócio e promover inovação em processos, produtos e serviços para a moda, é composto de Espaço Maker e Coworking, Laboratórios de Prototipagem (de Confecção e 3D) e Planta de confecção 4.0, a primeira da América Latina.

Victoria Bastos, Coordenadora do curso de Design de Moda, revela que a matriz curricular do curso, que é o bacharelado, é diferente, pois a metodologia do SENAI trabalha por módulos. “As unidades curriculares não acontecem dissociadas, assim o aluno cursa o primeiro módulo e, em uma mesma unidade curricular, terá modelagem, costura e história da arte, fazendo com que haja o entendimento da conexão dos assuntos, o que fará parte da formação dele. A forma como o curso foi estruturado permite que o aluno tenha essa visão ampla de como o que ele está aprendendo vai construindo-o enquanto profissional. Outro diferencial do curso é ser pautado na prática, nosso aluno está sempre em laboratório, nossas salas foram projetadas, principalmente no novo prédio da Barra, para unir teoria e prática, pois o tempo inteiro nossos alunos estão aplicando o que foi ensinado para que eles desenvolvam a competência daquele módulo curricular”.

Com um corpo docente altamente qualificado, professores nacionalmente reconhecidos, que publicaram livros, que foram professores dos professores, a Faculdade SENAI CETIQT oferece para o aluno solidez no ensino. “Apesar de sermos uma instituição tradicional, com um dos cursos mais antigos do Brasil, nosso viés tecnológico é impactante, pois estamos o tempo todo com esse olhar. Quando você pensa em inovação, pensa no SENAI CETIQT. Nosso Fashion Hub nos aproxima das pesquisas. Estamos sempre nos voltando para o que há de novo, o que há de ponta, então os diferenciais são determinantes na vida do nosso futuro profissional. O diploma SENAI CETIQT traz uma visibilidade muito grande para o aluno no mercado de trabalho, pois o mercado já olha para o nosso aluno com um olhar diferente”, encerra Victoria. 

Metodologia de educação profissional por competência é o maior diferencial da Faculdade SENAI CETIQT

A Faculdade SENAI CETIQT adota a metodologia de educação profissional por competência e explora situações reais da indústria, em que o aluno constrói seu conhecimento por meio de práticas que são adotadas nos processos industriais. Os currículos são construídos para formar perfis profissionais atualizados, capazes de lidar com as tecnologias e as mudanças no contexto de trabalho que se apresentam como tendências de futuro. Organizados em unidades curriculares que trabalham conhecimentos de forma integrada, tal como ocorre no mundo do trabalho, os currículos visando ao desenvolvimento das capacidades técnicas e socioemocionais exigidas dos profissionais. Para tal propósito, a infraestrutura dispõe de espaços integrados, que aproximam o ambiente de aprendizado teórico com o prático. Laboratórios e oficinas foram pensados e projetados como são nas empresas, unificando os processos de produção e oferecendo ambientes iguais, além de tecnologias inovadoras que serão introduzidas e difundidas em futuro mercado. Com essa visão integrada, o aluno pode pesquisar tendências, materiais, projetar, produzir, até chegar ao produto final.  

No curso de Engenharia Química, o aluno terá aulas em um dos laboratórios mais modernos e equipados do Rio de Janeiro, com kits didáticos que reproduzem os principais equipamentos utilizados na indústria. Por meio de simulação e realidade aumentada, o estudante pode verificar o funcionamento interno de equipamentos empregados nos principais processos industriais.  A estrutura conta ainda com um corpo docente formado por mestres e doutores que possuem experiência na indústria.

Yari Fillipo Teixeira é ex-aluno do curso de Engenharia Química – formou-se há seis anos e é funcionário do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras, o ISI, há três. Ele conta que iniciou sua vida profissional como monitor do laboratório de Engenharia Química, no antigo campus do Riachuelo, depois virou estagiário, saiu do estágio e se formou. Depois de trabalhar em algumas outras empresas, retornou como bolsista, por meio de processo seletivo, e foi contratado pelo SENAI CETIQT. “Sempre gostei de trabalhar com inovação, por isso resolvi fazer o processo seletivo e retornar para o CETIQT. Apesar de não ser a minha primeira opção, Engenharia Química foi a que eu mais consegui me identificar. Procurando faculdades, acabei encontrando o CETIQT que, na época, apesar de ser um curso novo, já era bem falado”, revela.

“O grande diferencial do nosso curso é ter sido construído em parceria com a indústria. Então, há representantes de cada área da engenharia química, como Abiquim, empresas farmacêuticas, da área de petróleo, de cosméticos, dentre outras empresas que mais contratam engenheiros químicos. A partir das escolhas dessas empresas, fizemos um comitê, no qual essas instituições disseram o que elas queriam de um profissional da área, e foi aí que surgiu uma matriz para atender às necessidades das empresas. Nosso profissional sai com uma noção de segurança de processos, meio ambiente e tudo mais que a indústria necessita”, revela Márcia Castoldi, Coordenadora Acadêmica do curso de Engenharia Química, que ainda complementa: “Nossos laboratórios são os mais modernos do Brasil, com os principais equipamentos encontrados na indústria. Temos uma coluna de destilação, muito usada na indústria de petróleo, kit de bombas que o aluno simula quando uma bomba cavita, um trocador de calor que o aluno consegue ver através de kits de realidade virtual e aumentada etc. O aluno tem a possibilidade de trabalhar e fixar o conhecimento. Também temos um laboratório de biotecnologia, de meio ambiente… São 11 laboratórios com uma infraestrutura das mais modernas”.

 

Cursos oferecidos pela Faculdade SENAI CETIQT: 

Graduação: 

  • Design de Moda
  • Engenharia Química

 

Pós-Graduação: 

  • Design de Estampas;
  • Design de Produto de Moda;
  • Moda praia e esportiva;
  • Moda 4.0;
  • Master Business Innovation: Confecção 4.0;
  • Programa de Inovação para Líderes do Setor Elétrico;
  • Segurança de Processos;
  • Programa de Desenvolvimento Setorial Têxtil;
  • Programa de Inovação para Líderes do Setor Elétrico.

 

O SENAI CETIQT

O Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – SENAI CETIQT – é formado pela Faculdade SENAI CETIQT, Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras (instalado no Parque Tecnológico da UFRJ, na Ilha do Fundão) e Instituto SENAI de Tecnologia Têxtil e de Confecção. Inaugurado em 1949, é hoje um dos maiores centros de geração de conhecimento da cadeia produtiva química, têxtil e de confecção, setores que juntos geram cerca de 11,9 milhões de empregos no país.

voltar para lista