NOITE DO SORRISO NEGRO REÚNE DIFERENTES MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS NUM GRANDE UM CALDEIRÃO MACUNAÍMICO EM COPACABANA

Espetáculo multicultural estreia dia 7 de novembro na Arena Sesc Copacabana

Um sorriso negro, um abraço negro, traz felicidade…

Estreia, no próximo dia 7 de novembro, às 19h, o espetáculo “Noites do Sorriso Negro”, na Arena do Sesc Copacabana (Rua Domingos Ferreira, 160). O mais novo projeto de João Carlos Artigos, ator e diretor, propõe noites de variedades de salão, um bricabraque, uma estrutura modular como o circo-pavilhão de Eduardo das Neves e Benjamim de Oliveira, dos chopes berrantes, dos cafés cantantes, do teatro rebolado, do Teatro Negro de Revista, das rodas de choro e samba da casa de Tia Ciata, as chanchadas de Grande Otelo, das improvisações e tipos carnavalizantes da Commedia dell’Arte, vaudevilles, dos brinquedos populares. “Esse brinquedo cênico será um happening festivo, uma performance polifônica inédita a cada dia, variando de acordo com o time. O riso operando na sua essência crítica e, porque não dizer, sendo o canal da inquietudes da sociedade atual. Vamos fabular, transver as diferenças com fagulhas criativas. Durante três semanas, até o dia 24 nosso terreiro afro futurista estará aberto a festa.”  diz João Carlos Artigos.

A cena será formada por um time inédito, convidado por João, que enriquecerá a cena a cada semana. Gente preta, do circo, da poesia, da música, da dança, do audiovisual e do teatro participarão desse caldeirão macunaímico, com suas artes e seus atravessamentos artísticos, fazedores da cena negra, no segmento teatral, musical, poético, audiovisual etc. como: Elisa Lucinda, Édio Nunes, Vilma Melo, Verônica Pereira, Cátia Costa, Caco Chagas, Berg Silva e Pedro Paulo Júnior.

 “O nome do espetáculo foi escolhido porque eu sou palhaço e voltei a ser negro -porque hoje é fundamental construir narrativas e poéticas para podermos re-existir. Estou vivendo um poliamor laboral, que nada mais é que o poder de amar o coletivo, vivendo em compartilhamento com as fagulhas criativas das. Eu gosto de dizer que estamos juntos e separados, porque é necessária a valorização das individualidades coletivas. A Noite do Sorriso Negro é formado por artistas que eu admiro há tempos e agora tenho a chance de trabalhar pela primeira vez”, reflete João Carlos Artigos.

Noite do Sorriso Negro é uma fala aos sentidos, uma cena que começa antes mesmo de entrar no teatro. Os espectadores serão conduzidos pelos cheiros, imagens, músicas, gostos e toques sutis, antropofagizados  pela diáspora afro-latina. Seduzidos para junto fazer festa, formar a roda, dançar no terreiro, firmar o ponto e rolar o pagode.  Neste parangolé multiconfiguracional, o espaço-tempo, a separação palco e plateia, serão diluídas pelos fluxos dos encontros, pedindo licença aos nossos ancestrais para celebrar o ato teatral / ato comunhão.

Ficha Técnica

Palhaço, diretor do processo criativo – João Carlos Artigos | Elenco – Fabio Freitas,  João Carlos Artigos, Verônica Pereira Gomes, Vilma Melo | Assessoria de Dramaturgia – Elisa Lucinda | Diretor musical – Pedro Paulo Junior | Músicos – Beà e Brazzavile Aragão e Pedro Paulo Júnior | Vídeo – Caco Chagas | Cenário – Fabio Souza | Figurino – Leo Caettano | Produção Executiva – Joana Damazio | Direção de Produção – Flavia Berton | Assistente de Produção – Thamiris Vaz Thayná Mendes | Mídias Sociais –  Ivam Cruz  | Fotos – Berg Silva | Classificação – 12 anos 

Serviço:

Data: de 7 a 24 de novembro (quinta a domingo)

Horário: 19h

Local: Arena do Sesc Copacabana (Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana)

Ingressos: R$ 7,50 (associado do Sesc), R$ 15 (meia-entrada), R$ 30 (inteira)

Bilheteria – horário de funcionamento: terça a sexta – de 9h às 20h; sábados, domingos e feriados – das 12h às 20h.

Informações: (21) 2547-0156