Primavera 2019 começa dia 23 de setembro, às 4h50

A estação mais florida do ano começa no dia 23 de setembro, segunda-feira, às 4h50 (horário de Brasília). Neste dia, ocorre o segundo equinócio deste ano: quando o dia e a noite tem a mesma duração. As estações do ano são fenômenos naturais e ocorrem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao plano de sua órbita em torno do Sol.

O instante exato do início de uma estação do ano é determinado por uma posição específica da Terra em sua órbita, como explica a pesquisadora Josina Nascimento, da Coordenação de Astronomia e Astrofísica do Observatório Nacional. “Em astronomia, nós estudamos o movimento dos astros tendo a Terra como referencial. Nesse referencial, nós construímos a esfera celeste, cujo equador é a continuação do equador terrestre. Assim, o Sol faz um caminho na esfera celeste ao qual chamamos de eclíptica. Nessa perspectiva, quando o Sol chega à linha do equador celeste, indo de norte para sul na esfera celeste, é equinócio de Primavera no Hemisfério Sul e equinócio de outono no Hemisfério Norte”.

A maneira como os raios solares incidem nos hemisférios marca as estações do ano e, além da temperatura, um dos efeitos que evidencia as estações é a variação dos comprimentos dos dias, ou seja, a quantidade de tempo que o Sol fica acima do horizonte. Esse efeito praticamente não existe nas regiões próximas do equador terrestre e é cada vez mais evidente quanto mais nos afastamos do equador terrestre. Agora, no início da primavera, os dias terão o mesmo comprimento das noites, mas no hemisfério sul, os dias vão ficando cada vez maiores e as noites cada vez menores, até o maior dia do ano que ocorre no  início do verão,  sendo nesse ano no dia 22 de dezembro às 1h19min, hora de Brasília.

Figura: Posições do Sol na esfera celeste no início das estações do ano. A Terra está no centro na cor azul.  Crédito da imagem: Maria de Fátima O. Saraiva, Kepler de Souza O. Filho e Alexei Machado Muller.